Tópicos iDizimo Contato
Este fórum é dedicado a todos que participam da pastoral do Dízimo
 
O CICLO DA GRAÇA DIZIMAL
Publicado em: 21/11/2011

O apóstolo São Paulo diz que a graça de dar gera uma graça em resposta, em retribuição.

Esta aqui uma proposta para você viver ou para experimentar a graça de Deus em sua vida. Este é um ciclo contínuo... interminável. A maior questão do dízimo é saber experimentar o que Deus é capaz de fazer em sua vida.

E assim começa tudo de novo, sem fim, sem parar jamais. Como diz o pastor Caio Fábio, não é o dízimo, mas é a dízimo periódica da graça que gera graça, deixando a medida do dízimo pequena demais .

A graça de dar gera a graça de receber.

São Paulo fala da alegria. O dízimo só é autêntico quando é feito com alegria de dar, que gera um custoso e constrangido sacrifício. O dízimo deve doer na alma. Lá dentro onde você e Deus fazem um grande e verdadeiro pacto de intimidade e oblatividade.

Aí, sim, o dízimo começa a produzir os sues frutos, porque nasce das entranhas como que gerando um parto de vida nova.

Se você prestou atenção, o s nossos títulos são tirados da sabedoria da roça, do agricultor. O contribuinte precisa se ver como um agricultor fazendo uma semeadura.

O dízimo, além de uma opção pastoral madura e comprometedora, nos anima a viver a Palavra de Deus. O dízimo se torna uma graça pelo dom inefável (cf. 2 Cor 9,15) dado pelo Cristo de Deus como nosso Salvador. Olhando neste nível, a opção pelo dízimo é como olhar a conversão de Zaqueu. Jesus nunca afirmou a sua conversão até o momento em que ele se dispõe a ceder seus bens materiais. Hoje a salvação entrou nesta casa (Lc 19,9).

Zaqueu se educou na opção pelo dinheiro. Não aconteceu, entretanto, com o jovem rico (Lc 18, 22 23). Uma séria e honesta opção de vida pode ser um verdadeiro achado (MT 13, 44).

Que Deus possa tirar nossa mesquinhez e implantar, pela opção do dízimo, a generosidade humana e assim terminar com o Apóstolo: Em tudo mostrei a vocês que é trabalhando assim que devemos ajudar os fracos, recordando as palavras do próprio Senhor Jesus, que disse: Há mais felicidade em dar do que em receber (At 20, 34).

Conheço muitas pessoas que mudaram a sua vida a partir da compreensão do dízimo.

Que Deus possa ajudá lo a entender essa oportunidade.
Por: Pe. Jerônimo Gasques

Comentários
Por: meire leite rocha faustino - em: 07/08/2013
(caçapava/SP - Paróquia: nossa senhora da boa esperança - Diocese: taubate)
muito legal falando esclaresendo sobre o dizimo sou dizimista consente d
Por: Mara - em: 15/11/2012
(São Paulo/SP - Paróquia: - Diocese: )
Muito interessante o texto, infelizmente eu não tinha esse conhecimento. A partir de agora vou colaborar corretamente e o melhor com sabedoria.
Por: Claudilena oliveira - em: 18/01/2012
(Palmital/SP - Paróquia: sao sebastiao - Diocese: sao sebastiao)
sempre fazia a doacao do dizimo , sem muito interesse , ouvindo , as pessoa dizerem este dinheiro e para o padre ,mas um dia lendo a biblia ,encontrei na palavra a nescessidade de ser dizimist a de verdade , e disse para DEUS de hoje em diante cada centavo que o senhor me der , com o suor do meu trabalho eu tirarei os dez por cento e lhe retornarei, sou costureira e tinha muito fiados e nao conseguia receber , pois a partir do momento que comecei a pagar os dez por cento recebi todas os meus fiados , e descobri que dizimo nao e doacao , pois DEUS nao precisa e sim , DEVOLUCAO dos dez por cento dos 10.000000... por cento que ele me da louvo a DEUS TODOS OS DIAS PELAS GRACAS RECEBIDAS AMEM
Por: mari apa silva - em: 30/12/2011
(nova independencia/SP - Paróquia: capel nosso senhor do bom fim - Diocese: araçatuba)
Ser dizimista e ter a coragem de partilhar o que tem, é fazer acontecer o milagre da partilha . Conceda nós senhor a graça de compreender o sentido do dízimo amém!

Due Jesus nos abençõe sempre.
Por: Francisco Carlos Toffoli - em: 24/11/2011
(Adamantina/SP - Paróquia: Santo Antônio de Pádua - Diocese: Marilia sp)
Todos os que tem como missão evangelizar o povo de Deus sobre o Dízimo, só tem a agradecer ao Pe. Jerônimo Gasques.Que ele continue a partilhar conosco esse dom maravilhoso que Deus lhe proporcionou.
Por: Márcio Rubio - em: 23/11/2011
(Presidente Prudente/SP - Paróquia: São José - Diocese: Presidente Prudente)
Olá Pe Giba realmente o Pe Jerônimo faz um lindo trabalho de evangelização sobre o dízimo em sua comunidade, e é um prazer poder acompanhar de perto.

O dízimo levado a sério se revela no calor do amor de Cristo presente em nossas vidas!
Por: Catarino - em: 22/11/2011
(São Paulo/SP - Paróquia: São Paulo Apóstolo - Diocese: São Paulo)
O dízimo faz com que a igreja possa manter todas as suas atividades e seus trabalhos comunitários. É preciso que as pessoas tenham esta consciência e possa partilhar com os mais necessitados.
Por: Padre Giba - em: 22/11/2011
(Sorocaba (Brigadeiro Tobias)/SP - Paróquia: Nossa Senhora do Povo - Diocese: Sorocaba)
Que bom padre Jeronimo que estás evangelizando através do Dízimo. Fico feliz e gostaria de estar bem próximo para aproveitar de todos os encontros e estudos sobre o Dízimo.

Aqui em Sorocaba estou fazendo de tudo para divulgar esse trabalho do Idízimo de Presidente Prudente.

Abraços Padre Giba
Por: José Carlos Israel de Souza - em: 22/11/2011
(São José dos Campos/SP - Paróquia: Matriz de São José - Diocese: São José dos Campos)
A gratuidade do amor de Deus nos revela seu grande amor por todos nós; nada é pedido em troca, apenas observamos em tudo que podemos e devemos viver em comunidade.

O dízimo é uma ferramenta maravilhosa que nos permite experimentar o prazer de dividir um pouco dos nossos bens materiais e juntos à nossa comunidade ver crescer o amor de Deus entre os irmãos.

Ser disimista é assumir um compromisso com Deus através da nossa demonstração de amor na comunidade.
Por: Plinio de Aquino Gomes - em: 22/11/2011
(Presidente Prudente/SP - Paróquia: São José - Diocese: Presidente Prudente)
Realmente, só mesmo que faz a experiência do dizimo pode conhecer a retribuição de Deus, mormente a garatia de Jesus de que há mais felicidade em dar do que em receber. Digo mais, a felicidade é maior ainda quando o dizimista se dispõe a difundir entre os seus essa doce experiência.

Proponho ao Pe Jerônimo substituir as coletas das missas da segunda semana de cada mês por uma vigília dizimista, arregimentando novos contribuintes.

Participe você também! Deixe aqui seu comentário.
Nome:
E-mail:
Diocese:
Paróquia:
Cidade: U.F.:
Comentário:
Código: código captcha
 
Termos de Utilização | Política de Privacidade | www.idizimo.com
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização